Páginas

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Os classificados para as semifinais da Libertadores e quartas de final da Sul-Americana

Dez partidas decidiram os classificados para as semifinais da Copa Libertadores e os quadrifinalistas da Copa Sul-Americana. Agora apenas doze times seguem com o sonho de conquistar uma das competições interclubes do continente.


Na quarta-feira tivemos as classificações de Grêmio e Barcelona-EQU, clubes que irão se confrontar nas semifinais. O time equatoriano venceu o até então invicto Santos em plena Vila Belmiro, alcançando assim as semifinais dezenove anos depois da última presença. O Grêmio por sua vez voltou a eliminar o Botafogo como em 1996 e segue agora como o único brasileiro na luta pelo título.
Dos confrontos que envolveram argentinos seguem adiante River Plate e __. O primeiro precisava vencer por quatro gols de diferença o Jorge Wilstermann-BOL...fez oito, essa que foi uma das maiores goleadas da história da Libertadores. Já no duelo argentino deu Lanús nas penalidades após 2 a 0 pra cada lado. Com isso já teremos um argentino na decisão já que ambos se enfrentarão nas semifinais. River tri, Grêmio bi, Barcelona duas vezes vice e Lanús pela primeira vez ficando entre os quatro primeiros.
Os jogos das semifinais acontecerão somente entre o fim de outubro e começo de novembro:


quartas de final - jogos de volta

20/09 quarta-feira
Grêmio 1x0 Botafogo
Santos 0x1 Barcelona-EQU

21/09 quinta-feira
River Plate-ARG 8x0 Jorge Wilstermann-BOL
Lanús-ARG 2x0 San Lorenzo-ARG (4x3 pênaltis)


semifinais

Grêmio x Barcelona
River Plate-ARG  x Lanús-ARG




Já na Copa Sul-Americana teremos três brasileiros (Flamengo, Fluminense e Sport Recife), dois paraguaios (Libertad e Nacional), dois argentinos (Independiente e Racing) e um colombiano (Junior). Dois confrontos envolverão argentinos e paraguaios; um será entre brasileiros e colombianos e por fim o confronto entre brasileiros será o clássico carioca.
As quartas de final da Copa Sul-Americana serão jogadas nas mesmas semanas das semifinais da Libertadores:


oitavas de final - jogos de volta

19/09 terça-feira 
Estudiantes-ARG 0x1 Nacional-PAR
Junior-COL 3x1 Cerro Porteño-PAR

20/09 quarta-feira
Ponte Preta 1x0 Sport Recife
Flamengo 4x0 Chapecoense
Racing-ARG 0x0 Corinthians

21/09 quinta-feira
LDU Quito-EQU 2x1 Fluminense


quartas de final

Racing-ARG x Libertad-PAR
Independiente-ARG x Nacional-PAR
Sport Recife x Junior-COL
Flamengo x Fluminense




quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Brasil e Argentina: Países que há mais tempo disputam as quartas de final da Libertadores

Com três representantes na edição desse ano, Brasil e Argentina são os dois únicos países que há mais tempo colocam seus clubes nas quartas de final de uma Libertadores desde a implantação dos mata-matas em 1988. Das trinta edições já contando com a atual, os brasileiros estiveram com clubes nessa fase em 29 e os argentinos uma edição a menos.
A única vez em que o Brasil não classificou um time para as quartas de final foi justamente na primeira edição em 1988 quando o Guarani caiu uma fase antes, nas oitavas de final. De lá pra cá os brasileiros sempre terminaram entre os oito primeiros. Nas edições de 1991, 1994, 2011 e 2014 tivemos apenas um time, sendo as edições com o menor número de representantes. Já o recorde de brasileiros nessa fase foi nos anos de 2009 e 2010, com quatro times entre os oito quadrifinalistas.
Os argentinos ficaram de fora em apenas duas oportunidades com seus clubes caindo nas oitavas: em 1989 com Boca Jrs e Racing e em 1993 com o Newell's Old Boys.
Dentre os outros países a Venezuela é a que há mais tempo não coloca nenhum time nas quartas, sendo 2009 a última edição em que foi representada.  Já a maior sequencia negativa pertence aos peruanos, ausente das quartas de final por quinze edições entre 1998 a 2012.


Brasil 
29 presenças desde 1989
1 ausência 1988

Argentina 
28 presenças 1988, 1990 – 1992 e desde 1994
2 ausências 1989 e 1993

Bolívia 
7 presenças 1988, 1994, 1997, 1998, 2000, 2014 e 2017
23 ausências 1989 – 1993, 1995 – 1996, 1999, 2001 – 2013 e 2015 – 2016

Chile 
12 presenças 1989 – 1991, 1993, 1994, 1996, 1997, 2003 e 2010 – 2013
18 ausências 1988, 1992, 1995, 1998 – 2002, 2004 – 2009 e desde 2014

Colômbia 
19 presenças 1988 – 1996, 1999, 2001, 2003, 2004, 2007, 2011 e 2013 - 2016
11 ausências 1997, 1998, 2000, 2002, 2005, 2006, 2008 – 2010, 2012 e 2017

Equador 
12 presenças 1990 – 1993, 1995 – 1996, 1998, 2006, 2008 e desde 2015
18 ausências 1988 - 1989, 1994, 1997, 1999 – 2005, 2007 e 2009 – 2014

Paraguai 
17 presenças 1989 – 1994, 1998, 1999, 2002, 2006, 2007 e 2010 – 2015
13 ausências 1988, 1995 – 1997, 2000, 2001, 2003 – 2005, 2008, 2009 e desde 2016

Peru 
4 presenças 1993, 1995, 1997 e 2013
26 ausências 1988 – 1992, 1994, 1996, 1998 – 2012 e desde 2014

Uruguai 
12 presenças 1988, 1989, 1991, 1997 – 1999, 2002, 2007, 2009, 2011, 2014 e 2016
18 ausências 1990, 1992 – 1996, 2000, 2001, 2003 – 2006, 2008, 2010, 2012, 2013, 2015, 2017

Venezuela 
4 presenças 1994, 1999, 2004 e 2009
26 ausências 1988 – 1993, 1995 – 1998, 2000 – 2003, 2005 – 2008 e desde 2010 


maiores sequências

29 Brasil (desde 1989)
24 Argentina (desde 1994)
  9 Colômbia (1988 a 1996)


maiores ausências consecutivas

15 Peru (1998 a 2012)
13 Bolívia (2001 a 2013)
  8 Venezuela (desde 2010)



terça-feira, 19 de setembro de 2017

Definições das quartas de final da Libertadores e oitavas da Sul-Americana

Semana pra lá de decisiva na América do Sul com os jogos que definirão os semifinalistas da Copa Libertadores e também os classificados para as quartas de final da Copa Sul-Americana. Ao todo dez partidas movimentarão ao semana.


Os dois jogos envolvendo clubes brasileiros serão disputados na quarta e os envolvendo argentinos na quinta: entre brasileiros tudo em aberto, com o Santos jogando por empate sem gols após o 1 a 1 no Equador; já o Grêmio basta uma vitória simples diante do Botafogo, este que avança caso empate marcando gol.
Do outro lado o San Lorenzo pode até perder por um gol do Lanús que seguirá adiante, ou até pela mesma diferença na ida desde que balance as redes, restando ao Lanús a vitória por três gols. Enquanto isso o River precisará golear o Jorge Wilsermann por quatro gols de diferença se quiser continuar na luta pelo tetracampeonato.


quartas de final - jogos de volta

20/09 quarta-feira
Grêmio x Botafogo
Santos x Barcelona-EQU

21/09 quinta-feira
River Plate-ARG x Jorge Wilstermann-BOL
Lanús-ARG x San Lorenzo-ARG



Pela Copa Sul-Americana a rodada definirá quem fará companhia a Independiente-ARG e Libertad-PAR, classificados para as quartas de final ainda na semana passada. Flamengo e Junior-COL jogam por vitória simples, enquanto que seus adversários - Chapecoense e Cerro Porteño-PAR respectivamente - precisam pelo menos de um empate com gols; o Racing-ARG precisa apenas não sofrer gol que avança enquanto que o Corinthians joga por pelo menos um empate por dois ou mais gols; Nacional-PAR e Fluminense venceram por um gol de diferença e também precisam só empatar, obrigando a Estudiantes-ARG e LDU Quito-EQU vencerem por dois gols de diferença.
Quem tá numa situação confortável é o Sport Recife, que ao vencer a Ponte Preta na ida por 3 a 1, podendo perder por até um gol que mesmo assim estará nas quartas de final.


oitavas de final - jogos de volta

19/09 terça-feira (hoje)
Estudiantes-ARG x Nacional-PAR
Junior-COL x Cerro Porteño-PAR

20/09 quarta-feira
Ponte Preta x Sport Recife
Flamengo x Chapecoense
Racing-ARG x Corinthians

21/09 quinta-feira
LDU Quito-EQU x Fluminense






domingo, 17 de setembro de 2017

Todos os quadrifinalistas da história da Libertadores

Ao se classificar para as quartas de final da Copa Libertadores o River Plate-ARG superou o seu arquirrival Boca Jrs-ARG em número de presenças nessa fase da competição desde a sua implantação em 1988 (treze contra doze). Com as participações inéditas de Botafogo e Jorge Wilstermann-BOL subiu para 76 o número de clubes pelo menos uma vez nas quartas de final.
Dentre os times brasileiros o São Paulo é o líder com dez presenças em quartas de final, o que o coloca em terceiro na lista geral. Grêmio com nove e Santos com oito são os outros clubes do país mais bem colocados.
Segue abaixo a lista com todos os quadrifinalistas da Libertadores, excluindo a primeira fase de 1960 e 1961(disputada em forma de quartas de final) e a segunda fase de grupos das edições disputadas entre 1968 e 1970 (com oito times), que em algumas estatísticas aparecem como participações de quartas de final:


todos os 76 quadrifinalistas (desde 1988)

13 presenças
River Plate-ARG (1990, 1995, 1996, 1998, 1999, 2000, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2015 e 2017)

12 presenças
Boca Jrs-ARG (1991, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2007, 2008, 2012, 2013 e 2016)

10 presenças
São Paulo (1992, 1993, 1994, 2004, 2005, 2006, 2008, 2009, 2010 e 2016)

9 presenças
Grêmio (1995, 1996, 1997, 1998, 2002, 2003, 2007, 2009 e 2017)

8 presenças
Santos (2003, 2004, 2005, 2007, 2008, 2011, 2012 e 2017)

7 presenças
América de Cáli-COL (1988, 1991, 1992, 1993, 1996, 2001 e 2003)
Olímpia-PAR (1989, 1990, 1991, 1993, 1994, 2002 e 2013)
Atlético Nacional-COL (1989, 1990, 1991, 1992, 1995, 2014 e 2016)

6 presenças
Cerro Porteño-PAR (1991, 1992, 1993, 1998, 1999 e 2011)
Vélez Sarsfield-ARG (1994, 1995, 1999, 2006, 2011 e 2012)
Cruzeiro (1997, 2001, 2009, 2010, 2014 e 2015)
Nacional-URU (1988, 1991, 2002, 2007, 2009 e 2016)
Barcelona-EQU (1990, 1992, 1993, 1996, 1998 e 2017)
San Lorenzo-ARG (1988, 1992, 1996, 2008, 2014 e 2017)

5 presenças
Palmeiras (1995, 1999, 2000, 2001 e 2009)
Peñarol-URU (1988, 1997, 1998, 2002 e 2011)
Libertad-PAR (2006, 2007, 2010, 2011 e 2012)
Bolívar-BOL (1994, 1997, 1998, 2000 e 2014)

4 presenças
América-MEX (2000, 2002, 2007 e 2008)
Universidad Catolica-CHI (1990, 1993, 1997 e 2011)
Vasco (1990, 1998, 2001 e 2012)
Corinthians (1996, 1999, 2000 e 2012)
Internacional (1989, 2006, 2010 e 2015)

3 presenças
Sporting Cristal-PER (1993, 1995 e 1997)
Flamengo (1991, 1993 e 2010)
Chivas Guadalajara-MEX (2005, 2006 e 2010)
Estudiantes-ARG (2006, 2009 e 2010)
Universidad de Chile-CHI (1996, 2010 e 2012)
Newell's Old Boys-ARG (1988, 1992 e 2013)
Fluminense (2008, 20120 e 2013)
Defensor-URU (2007, 2009 e 2014)
Emelec-EQU (1990, 1995 e 2015)
Atlético Mineiro (2000, 2013 e 2016)

2 presenças
Millonarios-COL (1989 e 1995)
Junior-COL (1994 e 1996)
Colo Colo-CHI (1991 e 1997)
Cobreloa-CHI (1989 e 2003)
Independiente Medellín-COL (1994 e 2003)
Cruz Azul-MEX (2001 e 2003)
Deportivo Cali-COL (1999 e 2004)
São Caetano (2002 e 2004)
Atlas-MEX (2000 e 2008)
LDU Quito-EQU (2006 e 2008)
Once Caldas-COL (2004 e 2011)
Racing-ARG (1997 e 2015)
Tigres-MEX (2005 e 2015)
Santa Fé-COL (2013 e 2015)
Rosário Central-ARG (2001 e 2016)
Lanús-ARG (2014 e 2016)

1 presença
Oriente Petrolero-BOL (1988)
Danubio-URU (1989)
Bahia (1989)
Sol de América -PAR (1989)
Independiente-ARG (1990)
Criciúma (1992)
Minervén-VEN (1993)
Unión Española-CHI (1994)
Colon-ARG (1998)
Bella Vista-URU (1999)
Estudiantes de Mérida-VEN (1999)
Morelia-MEX (2002)
Deportivo Táchira-VEN (2004)
Atlético Paranaense (2005)
Banfield-ARG (2005)
Cucuta-COL (2007)
Caracas-VEN (2009)
Jaguares-MEX (2011)
Real Garcilaso-PER (2013)
Tijuana-MEX  (2013)
Nacional-PAR (2014)
Arsenal-ARG (2014)
Guaraní-PAR (2015)
Independiente del Valle-EQU (2016)
Pumas-MEX (2016)
Jorge Wilstermann-BOL (2017)
Botafogo (2017)





sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Resultados da semana da Libertadores e Sul-Americana


Jorge Wilstermann-BOL e San Lorenzo-ARG deram um passo enorme rumo as semifinais da Copa Libertadores 2017 após venverem respectivamente River Plate-ARG e Lanús-ARG. O time boliviano venceu por 3 a 0 e ficou muito próximo de retornar a uma semifinai de Libertadores depois de 36 longos anos. Já o San Lorenzo bateu seu conterrâneo por um gol a menos (2x0), e assim como o Wilstermann também pode se classificar em caso de derrota.
Nos outros dois confrontos que envolvem clubes brasileiros, tudo igual: Botafogo x Grêmio ficaram no empate sem gols enquanto que o Santos voltou com o 1 a 1 do Equador após empatar com o Barcelona.


quartas de final - jogos de ida

13/09 quarta-feira
San Lorenzo-ARG 2x0 Lanús-ARG
Barcelona-EQU 1x1 Santos
Botafogo 0x0 Grêmio

14/09 quinta-feira
Jorge Wilstermann-BOL 3x0 River Plate-ARG




Pela Copa Sul-Americana dois times já se garantiram nas quartas de final: o Independiente-ARG, que eliminou o também argentino Atletico Tucumán e o Libertad-PAR, que deixou pra trás o Santa Fé-COL, campeão de 2015. Já no outro confronto Paraguai x Colômbia o Junior se deu bem ao empatar fora de casa com o Cerro Porteño.
Entre os brasileiros o Fluminense venceu a LDU Quito-EQU pelo placar mínimo enquanto que o Corinthians apenas empatou em casa com o Racing-ARG. Chapecoense x Flamengo ficaram no empate e o Sport Recife bateu a Ponte Preta.


oitavas de final - jogos de ida

12/09 terça-feira 
Cerro Porteño-PAR 0x0 Junior-COL

13/09 quarta-feira
Sport Recife 3x1 Ponte Preta
Chapecoense 0x0 Flamengo
Corinthians 1x1 Racing

14/09 quinta-feira
Fluminense 1x0 LDU Quito-EQU


jogos de volta

12/09 terça-feira 
Independiente-ARG 2x0 Atletico Tucumán-ARG 

14/09 quinta-feira
Santa Fé-COL 1x1 Libertad-PAR